PORTRAIT

14 de Janeiro 2023

Portrait” é a exposição da artista plástica Marina Leão, que poderá ser visitada até 5 de fevereiro no nosso empreendimento.

“É um dos resultados do tempo de confinamento social causado pela pandemia, quando pela onda gigante da doença, medo e caos somos obrigados a parar e a ficar fechados entre 4 paredes, com apenas e tudo o que é nosso, com nós mesmos, com a nossa mente, com as pessoas com quem moramos e partilhamos todos os momentos…

Num momento que para muitos representou e continua a deixar rasto de dor, perda e sofrimento, é com grande gratidão que reconheço a sorte que me foi dada. Durante esse tempo, pude conectar-me profundamente ao meu mundo, uma lufada de ar fresco, a oportunidade de parar e desligar da agitada corrida do dia a dia e simplesmente ter tempo. para descansar, para fazer coisas que realmente gosto, como dançar, meditar, pintar, ler…

Livros, textos ou simples frases foram grande companhia e mote para grandes viagens interiores.

Entre várias frases inspiradoras de diferentes autores, como:

“A pintura nunca é prosa. É poesia que se escreve com versos de rima plástica” de Pablo Picasso, ou

“O alvo da minha pintura é o sentimento. Para mim, a técnica é meramente um meio. Porém um meio indispensável” de Candido Portinari, até mesmo

“não extinga a sua inspiração e a sua imaginação; não se torne o escravo do seu modelo” de Vincent van gogh.

Surge a citação de Neto Montana, é com a primeira frase da citação que se dá o clique para esta a mostra:

Viver é como pintar um quadro por dia. Requer inspiração, muitos esboços e técnica para chegar a alguma forma“. 

E porque quem é artista tem sempre tintas, pinceis e outros materiais em casa, dei asas à imaginação, cores aleatórias foram escolhidas no momento pelo olhar e sentir, uma a uma foi aplicada em diferentes bases retangulares de tecido branco, de seguida o pincel fluiu ao sabor da emoção, com mais ou menos pressão e sem qualquer direção definida e foi oferecendo cor e vida a esses pedaços de tecido.

7 cores, 7 telas, 7 dias da semana, e como um arco iris nasce Portrait, um quadro e uma cor por dia.

Faltava ainda acrescentar história e identidade ao conceito, e levei à risca a palavra portraits, começando assim a desenhar retratos.

Não o tradicional retrato, mas sim um registo inspirado na cor de fundo, onde o rosto feminino ganha vida através de diferentes elementos e características culturais ou de personalidade. Elementos que contam histórias, sem precisarem de rótulo ou discrição.

São retratos sem título porque a identidade fala por si.”


A artista plástica,

Marina Leão

@ML artandesign.

Precisa de ajuda?